Terminal ou dois clique: qual você prefere?

Existem muitos mitos que rondam em torno de distribuições Linux, algumas tem até um pouco de verdade, mas outras nem tanto.

É sobre um desses mitos que iremos discutir hoje. Já ouvi muitos usuários de Windows que nunca utilizaram Linux, ou até mesmo profissionais de TI equivocados dizendo “Liux é muito ruim, porque tudo tem que ser no terminal, tem que decorar um monte de código”.

Ouvir isso as vezes irrita um pouco, porque afasta muitos de uma realidade bem diferente. Linux não é só terminal!

Posso usar Linux sem usar o terminal?

Se você é usuário comum e acha que não consegue usar Linux porque é só código, diria que esta é hora de você tirar isso da cabeça.

Instalar um programa no linux é bem mais fácil do que você pensa, muitas distribuições possuem uma central de aplicativos, uma “lojinha” onde você encontra vários programas para instalar, com em seu Smartphone.

Há também aqueles instaláveis com dois cliques (ou um só rsrs) os pacotes .deb, normalmente basta dar dois cliques e ele vai ser instalado – se sua distribuição for uma variação do Debian – como no Windows.

Existem outros tipos de arquivos que se instalam dessa forma mas o .deb é o mais conhecido.

E sim, você também pode usar o terminal, afinal ele é uma poderosa ferramenta. E vai por mim, você vai querer usar o terminal, ele dá uma grande possibilidade de fazer coisas que você já faz de forma simples e rápida.

O que eu faço sem código?

Dá prazer muita coisa sem digitar nada no terminal, inclusive coisas que você já faz no seu dia-a-dia como: Acessar a internet, baixar algo, gravar um disco, editar vídeos, editar fotos, ouvir música, baixar e instalar um programa, criar apresentações, digitar um trabalho, criar e editar planilhas essas e muitas outras, e o melhor de tudo, sem pagar licenças ou ter que piratear nada.

Vai por mim, não deixe de experimentar um Linux por preconceito, ou pelo que ouve por aí. Experimente e viva com liberdade.

Deixe um comentário