Educação Infantil: O que se deve ensinar?

Sabemos muito bem que a Educação Infantil é uma importante fase da Educação Básica, sendo ela o inicio ou o primeiro contato da criança com a escola. Mas qual deve ser o foco das instituições de educação infantil? É muito comum, entre os professores existir cobranças sobre a alfabetização das crianças nesta fase, e muitas vezes os pais também esperam que as crianças já esteja lendo nessa fase. Mas será que é a alfabetização o foco desta etapa? Vamos descobrir aqui. 
Vamos como norte para apontar o objetivo da Educação Infantil os documentos legais que tratam da educação, especialmente nesta fase, sendo eles a LDB, As Diretrizes Educacionais da Educação Infantil e a BNCC. Estes documentos são o norte para qualquer proposta pedagógica dentro do território nacional. Por se tratar de documentos oficiais não podemos dizer que este artigo se direciona apenas aos professores, mas o que é debatido aqui serva para toda a comunidade escolar. 

A LDB no seu Artigo 4 , Trata da obrigatoriedade de oferta para está etapa e damos destaque para o inciso X, que traz  “X – vaga na escola pública de educação infantil ou de ensino fundamental mais próxima de sua residência a toda criança a partir do dia em que completar 4 (quatro) anos de idade.             (Incluído pela Lei nº 11.700, de 2008).” Trazendo então um importante fato, toda criança tem por direito uma instituição de ensino que seja próxima de sua residencia. Até não se define ainda o que se deve ser ensinado para esta fase. Um ponto que podemos confundir com o seu objetivo é o que está no artigo 21 do documento, que diz que a Educação Infantil compõe a Educação Básica. Mas o fato de ela compor a educação básica não quer dizer que ela deve ser igual ou semelhante as etapas seguintes. 
O que será ensinado será apresentado por outro documento que é aprensentado no artigo 26 da LDB

Art. 26.  Os currículos da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio devem ter base nacional comum, a ser complementada, em cada sistema de ensino e em cada estabelecimento escolar, por uma parte diversificada, exigida pelas características regionais e locais da sociedade, da cultura, da economia e dos educandos.  ”    

Isso mesmo, A BNCC define o que será ensinado nesta etapa, nós já temos esse documento consolidado e ele se baseia em uma metodologia focada em algo que o documento chama de campos de experiencia, que se afastam de uma ideia de escola tradicional obsecada pela alfabetização, mas que em contrapartida colabora muito para o desenvolvimento infantil e que trará uma base solida para as etapas seguintes da Educação básica. 







Os campos de experiencia de uma forma bem simples são áreas que se relacionam interdisciplinarmente, e que não devem ser trabalhados isoladamente, pois todos se relacionam entre si, os campos de experiencia são:
– O EU, O OUTRO E O NÓS
– CORPO GESTOS E MOVIMENTOS
– TRAÇOS, SONS CORES E FORMAS
– ESCUTA, FALA, PENSAMENTO E IMAGINAÇÃO
– ESPAÇOS, TEMPOS, QUANTIDADES, RELAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO

Estes 5 campos são descritos em detalhes na Base e indicam uma trabalho muito mais amplo, que exige outros aspectos que não apenas a alfabetização. Resumindo, podemos dizer que a alfabetização não é o foco desta fase, mas um desenvolvimento mais amplo, que é necessário para a vida em sociedade, como a contrução de uma identidade, como o respeito ao outro e o reconhecimento do nós no coletivo. 


O desenvolvimento motor, a capacidade de argumentar e aguçar sua criatividade são processos que tomam muito mais o foco desta etapa. Isso implica em uma mudança no modo de avaliação, que exige do docente muito mais observar do que submeter a exames. 
As Diretrizes apenas apontam para o que é exposto na BNCC em detalhes, mas traz coisas muito importantes que a escola, o docente e os país precisam entender para não cobrar os aspectos errados nesta fase. Lembre-se que este é o primeiro contato da criança com a escola, se seu primeiro contato for algo frustrante, repetitivo, exaustivo, que lhe submete a um mundo de exercícios mecânicos. A experiencia da criança pode gerar problemas pelo resto da Educação Básica. 

Não vamos prologar muito no texto, pois se trata de um texto para a internet e não queremos fazer algo cansativo. Se está com dúvida entre em contato por e-mail: educadoresnolinux@gmail.com e se precisar de ajuda na elaboração de projetos pedagógicos adaptados a BNCC e as exigências atuais. Entre na nossa pagina serviços e será uma prazer poer ajuda-lo. 

Deixe um comentário